05/03/07

Desabafo Alfacinha

Então e a nossa feira popular?

Popular de povo.

Povo que anda deprimido com a crise, com o IVA a 21%, com as taxas moderadoras, com os ataques de sempre aos mesmos de sempre.

Acabaram com a nossa feira em troca dos milhões que valiam os terrenos, que por sua vez foram parar aos bolsos de políticos corruptos e incompetentes. Lisboa deve ser a única capital europeia sem um espaço de diversões.

Exijo um espaço onde haja alegria, onde por momentos se esqueça os problemas do dia-a-dia e se leve a família para um dia bem passado ao ar livre, sem ser debaixo do ar condicionado dos centros comerciais.

Somos o país com a maior área comercial por habitante, um país com pouquíssimo poder de compra. Irónico no mínimo.

O lema de quem manda parece ser: “Queres alegria? Compra-a no shopping mais perto de ti.”

2 comentários:

espalha brasas disse...

Aquilo também já não tinha jeito nenhum... E a afluência do público era quase nenhuma!

Boris disse...

Compreendo, mas venderam a ideia que iriam edificar outra, nova e moderna, no Parque das Nações.

Engodo este que só serviu para vender os terrenos a peso de ouro, não fossem eles no centro de Lisboa.

Depois com o dinheiro fez o quê?!?

Fez-se o caso que está em tribunal com uma data de vereadores do PSD como arguidos...